The French Evolution

Começando o dia hoje na minha caixa de emails recebí uma notícia referente ao Québec – CA. Mas o foco da matéria mesmo é a evolução do interesse pela língua francesa no mundo, então como eu achei bastante interessante vou resumí-la aqui mesmo:
O francês é o idioma do dia-a-dia em 56 países, no Brasil, por exemplo, simplesmente 1 milhão de profissionais estão empregados em cerca de 600 companhias que têm o francês como língua de suas matrizes. Mas a língua da diplomacia, da cultura, dos estudos, do turismo, da moda, dos esportes e do savoir-vivre é também a língua do trabalho.
Uma pesquisa encomendada recentemente ao instituto Ábaco Marketing Research, realizada com 1.504 pessoas de 15 a 50 anos, traz algumas conclusões interessantes que ajudam a esclarecer dúvidas. Enquanto 39% dos entrevistados afirmaram seu interesse em cursar o idioma inglês e 33% querem dominar o espanhol, outros 16% demonstraram intenção de aprender o francês. Isso mostra o aumento da proporção de pessoas que querem aprender francês em comparação com outras linguas estrangeiras.

Empresas de grande porte, notadamente incentivadas por sua origem francesa e pelos crescentes investimentos no País, seguem a onda. A Aliança Francesa, como instituição especializada no idioma, tem atendido grupos como Société Générale, BNP Paribas, Carrefour, Alstom , Renault, Moet Chandon, que investem em programas de formação baseados no conhecimento do francês. Por meio da língua, o que se quer é aproximá-los da cultura da companhia e ajudá-los a elevar sua capacitação e ampliar horizontes profissionais.
Agora a boa notícia para os amantes do Canadá
(ainda segundo a matéria), Québec, maior província canadense, viu crescer em 17% a adesão de brasileiros a seu programa de incentivo às oportunidades profissionais, na proporção entre 2007 e o ano anterior. São profissionais seduzidos por condições excepcionais oferecidas na região – tais como visto de residência permanente e salários bem superiores aos obtidos por aqui. No entanto, antes de saírem do Brasil devem ter fluência no francês, língua oficial da província e requisito obrigatório aos candidatos.
A mesma pesquisa que mostra o aumento do estudo do francês para o uso no mercado de trabalho, mostra que outros 24% vêem a língua francesa como parte da formação acadêmica, mais de 25% aprendem por prazer intelectual e 21% são motivados pelo prestígio conferido pela língua e a cultura. Os demais 13% procuram o francês por diversas razões, como satisfação pessoal, viagens e passeios, moradia no Exterior, participação em eventos culturais e artísticos.
Lembrando que 2009 é o Ano da França aqui no Brasil, ou seja, as comemorações deste ano devem expor ainda mais esta realidade e a força da língua e da cultura francesa na herança histórica das relações entre os dois países.

E no Menu do blog (lado esquerdo), vc encontra links para sites que ajudam a aprender outros idiomas, além de artistas franceses para você conhecer a música e ir logo se acostumando com as pronúncias, mas importante, o francês da França é um pouco diferente do francês do Canadá. Depois eu posto algumas das principais diferenças.

Até breve!

Fonte da Notícia: Administradores.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: