The New Way

Esta notícia é um pouco antiga, de abril do ano passado para ser mais preciso. Mas é muito importante e animadora, por isso achei que ela deveria estar aqui, já que mostra um tipo de “abertura” maior no caminho para o Canadá.

Ministra da Imigração e Cidadania Diane Finley, fala um pouco sobre a imigração no Canadá

Serão cerca de $109 milhões investidos nos próximos cinco anos apenas para o setor de imigração. Mas ainda não é o bastante para cobrir a demanda do mercado, que prevê que no ano 2012 a imigração será a principal fonte de abastecimento de mão-de-obra no Canadá.
A conclusão é do Ministério da Imigração e Cidadania, que está numa campanha para mudar as regras dos processos de aplicação e pedidos de vistos, visando acelerar a entrada de profissionais que o país precisa urgentemente. É preciso não desperdiçar tempo, mas para isso, é preciso derrubar a lei atual, que obriga o processamento de todos os pedidos recebidos, por ordem de chegada, fazendo com que a fila de espera dos aplicantes possa durar anos. O que a ministra pretende é tentar reduzir o tempo de processamento para um período de 6 a 12 meses.
O fim da análise por oredem de chegada representa boas notícias para profissionais qualificados, especialmente nas áreas de engenharia, tecnologia e medicina. São estes que passarão a ter prioridade de análise em seus processos para obtenção da residência permanente ou mesmo vistos de trabalho temporário.
“O processo não será discriminatório, pois qualquer um pode e deve continuar a aplicar. Iremos continuar a analisar e aceitar os pedidos. Apenas teremos condições de analisar primeiro os perfis daqueles profissionais que mais precisamos”, ressalta Finley.
Visando manter trabalhadores formados no país, a ministra também enfatiza a importância do diálogo com os conselhos regulamentadores profissionais, visando a acreditação de diplomas estrangeiros e rápida inserção no mercado. Outra iniciativa é relacionada com a extensão de vistos de trabalho temporário, além do programa de parcerias entre universidades canadenses com outras pelo mundo, visando o reconhecimento de diploma de forma facilitada. Há também o projeto residência permanente facilitada para aqueles estudantes universitários que desejem aplicar para residir no Canadá, sem que os mesmos tenham de voltar para seus países de origem.

Como eu falei no início, esta notícia é bastante animadora, (por isso a palavra tecnologia, pq a esperança é que até em 2012 este processo seja bem mais rápido, então profissionais da TI só tem a comemorar! E estas parcerias com Universidades, podem trazem um bom intercâmbio no fim do curso…
Pois é, então agora é esperar a ministra conseguir mudar os rumos do processo e trabalhar na construção dos planos futuros.

Esta é mais uma notícia do Brazil News, agradecimentos também ao Sair do Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: