The Start

Este é o primeiro resultados das pesquisas iniciais que eu fiz quando entrei em um curso da área de TI e me interessei pelo Canadá.
Todas as informações que eu coletei na época (agosto a setembro de 2008 ) formaram este artigo científico que é um trabalho de iniciante, mas me rendeu a segunda nota em Fundamentos de Sistemas de Informação e uma participação na Jornada de Ensino Pesquisa e Extenção da UFRPE em 2008 – JEPEX 2008, onde o mesmo foi apresentado em forma de painel.

O CANADÁ E AS

OPORTUNIDADES PARA OS

PROFISSIONAIS DA

TECNOLOGIA

DA INFORMAÇÃO

Ronnie Edson de Souza Santos¹, Cleyton Vanut Cordeiro de Magalhães², Jorge da Silva Correia Neto3

Introdução

A Tecnologia da Informação (TI) é uma das áreas que mais cresce atualmente, oferecendo aos seus profissionais grandes chances de realização e ao mesmo tempo, um mercado de trabalho com grandes oportunidades. Diversos estudos já publicados apontam para o problema da qualidade e falta de mão de obra no setor, além de mostrar que o mercado exige pessoas cada vez mais preparadas.
A maioria dos países do mundo trabalha para melhorar a qualidade de suas tecnologias e serviços, as empresas públicas e privadas utilizam a TI como uma estratégia de crescimento [1].

A União Européia deve investir, entre 2007 e 2013, um total de 53,2 bilhões de euros (cerca de 150 bilhões de reais) em pesquisas na área.

Neste setor de investimentos também se destaca o Canadá, um país que é conhecido por ter muita flexibilidade em suas leis de imigração e recebe todos os anos milhares de novos residentes, também está se caracterizando pelos investimentos no ramo da TI. Segundo o siteInvest in Canada”, o próximo grande adiantamento da tecnologia pode ser em bioinformática, fotônica, wireless, inteligência artificial ou em um novo campo ainda a ser descoberto, mas o nascedouro dessas inovações será invariavelmente encontrado no Canadá. Essa afirmação deve-se ao fato do país ser um líder mundial em comunicações wireless desde que a primeira mensagem transatlântica foi transmitida de Newfoundland em 1901 [2].

Diversos veículos de comunicação apontam para o interesse do país em pessoas que possam trabalhar em uma das suas áreas com maior ritmo de crescimento, e a TI está entre elas. Cidades como Calgary na província de Alberta têm 74% das companhias com a TI em plena expansão de sua força de trabalho, os bons salários começam com $40 mil/ano e podem chegar a mais de $100 mil/ano [3].

Os brasileiros estão entre os cinco maiores contingentes de trabalhadores e estudantes que moram ou passam temporadas nas terras canadenses. Quais seriam as principais vantagens que o Canadá oferece para chamar tanto a atenção de brasileiros da área de TI?

Materiais e Métodos

Estudo exploratório, qualitativo e descritivo, realizado através de revisão bibliográfica e entrevistas com pessoas que têm experiência no tema.

Resultados

Marco Sugita Furtado [4] escolheu fazer intercâmbio no Canadá depois de avaliar o mercado e as oportunidades de países como a Austrália e a Nova Zelândia.

Um programador que viu no Canadá uma boa oportunidade de desenvolvimento, para ele o fato de o setor não ser regulamentado pelo governo garante que qualquer um possa trabalhar pelo mérito do conhecimento, mas enfatiza também a importância de se ter um diploma técnico ou de preferência universitário que garante boas chances no processo de imigração além de mostrar para as empresas que se está atualizado e buscando por novos conhecimentos.
Marco destaca que a TI é sem dúvida a maior e mais rápida área que emprega os novos imigrantes no país, enquanto um profissional de TI demora em média de uma semana a um mês para obter seu primeiro survive-job, aquele emprego que paga pouco mais cobre seus custos básicos, em outras áreas, principalmente as regulamentadas, essa demora pode levar de três a seis meses. Programação de modo geral é sem dúvida a maior carência.
Segundo Marco, o que mais chama a atenção dos profissionais de TI para o Canadá é em primeiro lugar a oferta de empregos em um país que oficialmente optou pelo desenvolvimento de tecnologias modernas e em segundo a facilidade de imigrar legalmente.

Outra forma que o país tem de trazer para si os profissionais é dando oportunidade para a abertura de um negócio próprio com os tratados da NAFTA [5] facilitando a negociação e venda de produtos.

Para Patrick Duglay Piceda[6], uma pessoa de TI consegue se estabelecer no país facilmente dependendo de dois fatores: o idioma, o profissional deve ter domínio do inglês e de preferência também falar francês já que os dois são oficiais no país, e a experiência que conta muito em uma profissão que não é regulamentada.Pessoas que trabalham com Banco de Dados, Desenvolvimento de Sistemas tem mais oportunidades, conclui.
Patrick acredita que a falta de mão de obra no país é um dos principais fatores que atraem o profissional de TI para o Canadá, além é claro, dos salários e da oportunidade de viver em uma sociedade mais segura e sem muita distinção de classes sociais.

O blog “Sair do Brasil”, escreveu uma matéria sobre o interesse do Canadá na procura de novos talentos da tecnologia e comenta que nem mesmo o frio ou a distância da família tem sido empecilhos para brasileiros da área. A matéria conta com as experiências do paulista Ernando Silva e do cearense Denis Gadelha que deixaram o Brasil e para seguir suas carreiras no Canadá.

Discussão

Fernando Chaparro [7], em sua tese relaciona o Produto Interno Bruto (PIB) aos investimentos em ciência e tecnologia, mostra que os percentuais de investimento da América Latina neste setor são muito baixos em comparação com os de países desenvolvidos. Essa realidade tem impacto direto sobre os índices de crescimento econômico dos países.
Segundo ele, o Canadá foi o país que, em 2007, apresentou o mais alto índice de crescimento econômico e a razão está no percentual do PIB canadense destinado à ciência e tecnologia: 2%.Enquanto alguns países da América Latina destinaram menos de 0,5% no mesmo período [8].
Este tipo de incentivo é uma das vantagens que o Canadá oferece para chamar a atenção de brasileiros da área de TI. Os investimentos no setor mostram que a profissão tende a se valorizar cada vez mais, aumentando o número de oportunidades de trabalho (Tabela 1), o valor dos salários (Tabela 2) e a procura das empresas por mão de obra especializada. Diversas empresas mundiais reconhecem e investem na especialização da TI canadense, podendo ser citadas: IBM, Ericsson, Electronic Arts, Ubisoft, SAP, Motorola, Intuit, EDS, Alcatel-Lucent, Nokia, Sierra Wireless e muitas outras.
Um fator que também tem grande impacto na escolha é o estilo de vida do país. Muitos associam o interesse de trabalhar no Canadá com a oportunidade de viver em um lugar com mais segurança e mais investimentos em educação, saúde e qualidade de vida.

Agradecimentos

Marco Sugita Furtado e a Patrick Duglay Piceda que cederam os depoimentos sobre as suas experiências no Canadá.

Referências

[1]GRAEML, Alexandre R. “O valor da tecnologia da informação”, São Paulo, setembro de 1998.

[2]Invest in Canada. Tecnologias da Informação e Comunicação. Acessado em ago/2008. Disponível em: http://www.investincanada.gc.ca/pt/industry-sectors/ict.aspx

[3]Sair do Brasil. Emprego no Canadá – à procura de talentos em Tecnologia. Acesso em set/2008. Disponível em: http://www.sairdobrasil.com/2007/12/10/emprego-no-canada/
[4] Marco Sugita Furtado é programador, esteve em intercâmbio no Canadá até março deste ano quando voltou para o Brasil para dar entrada no processo de imigração.

[5] Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (North American Free Trade Agreement).

[6] Patrick Duglay Piceda é analista de segurança da informação e vive no Canadá com a sua esposa desde agosto de 2007.

[7] Fernando Chaparro é diretor do Centro de Gestão do Conhecimento e da Inovação (CCGI) da Universidade de Rosário na Colômbia.

[8] UFMG. Investimentos reduzidos em ciência e tecnologia determinam baixos índices de crescimento econômico. Acesso em set/2008. Disponível em: http://www.ufmg.br/online/arquivos/008814.shtml

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: